Documento sem título
HOME Cadastre-se | Cesta de compras | Meus pedidos | Central de atendimento | Quem somos
BUSCA:

 

Sera Toxivec 250ml - Água Doce
60,00

Motor Para Filtro Interno SunSun JP-012F - 110v
12,90

Labcon Test PH 15ml - Água Doce
8,20

ESPÉCIES DE PEIXES

Nossa loja apresenta uma ampla variedade de espécies de peixes de água doce de todas as regiões do país. Abaixo você confere algumas das espécies presentes em nossa loja. Caso queira saber sobre alguma outra e esta não esteja listada abaixo, entre em contato conosco que lhe enviaremos todas as informações possíveis:

BETTA
Também conhecido como peixe de briga, o Betta tem característica territorialista. É muito agressivo com machos da mesma espécie, porém com peixes de outras espécies apresenta comportamento pacífico. De origem asiática (Tailândia, Vietnã e Malásia), seu comprimento máximo chega a 10cm. A diferença do macho para a fêmea está no comprimento de sua nadadeira caudal; a dos machos é bem mais extensa. Apesar de ser tranqüilo com peixes de outras espécies, não é aconselhável colocar o Betta com peixes muito agitados, pois estes costumam beliscar sua cauda. O Betta deve ser criado em aquário pequeno ou médio, porém não deve ser muito alto pois o Betta sobe a superfície para respirar. O Betta consegue respirar fora d`água, este fato ocorre devido que ele possui um órgão a mais de respiração, que se chama labirinto. O Betta gosta de se alimentar de artêmia, porém não deve exagerar na quantidade. Sua alimentação ideal seria com rações próprias granuladas, sendo servidas cerca de 5 grãos por dia. A água do aquário do Betta deve ser filtrada e trocada uma vez por semana, apenas a metade.
   
ACARÁ BANDEIRA
Conhecido como Príncipe dos Aquários ou Peixe Anjo, tem forma triangular. São peixes de fácil criação, gostam de água ácida e quente e não são sensíveis a doenças. Sua origem é na Bacia Amazônica (América do Sul) e atingem a 10cm de comprimento. Devem ser criados em aquário médios ou grande e com boa quantidade de plantas. São pacíficos, porém não se dão bem com peixes pequenos. O Acará Bandeira gosta de viver em cardumes.
   
PAULISTINHA
Peixe extremamente ativo, dificilmente adquire doenças. Em ambientes pequenos gostam de correr atrás de outras espécies. São originados da Índia Oriental e Bangladesh e atingem cerca de 6cm de comprimento. Deve ser criado em grupo de 10 paulistinhas e em aquário médio com boa quantidade de plantas. Seu tempo de vida não ultrapassa 3 anos. Aceita qualquer tipo de alimentação e é um peixe extremamente pacífico.
   
ACARÁ DISCO
Considerados tímidos são também bastante pacíficos e lentos. Quando não gosta da comida fica sem se alimentar até morrer. O ideal para este processo e alimenta-los inicialmente com comidas vivas, de preferência a artêmia salina. Se criado em aquário comunitário, por ser lento, fica sem comer, já que os outros peixes avançam na sua frente em busca do alimento. São originados de rios e lagos da Amazônia (América do Sul e Brasil). Atingem de 15 a 20cm de comprimento. Deve ser criado em aquário grande, em média 150 litros, com boa quantidade de plantas, gostam de viver em grupos.
   
NEON
Peixe adorável emite luz pela faixa azul de seu corpo quando é iluminado, assemelhando-se a luz de neon. Vive sempre em cardume entre eles, se adapta melhor com peixes de pequeno porte e com água mais ácida. Deve ser criado em aquário com do seu tamanho ou até maiores, desde que não sejam predadores. São originados do Brasil e atingem a 5cm de comprimento. Gosta da planta valisnéria e de aquários médios ou grandes e bem plantados. Se alimentam de rações, porém estas devem ser pequenas. É pacífico e vive em cardumes.
   
GUPPY
Peixe também conhecido como barrigudinho, sarapintado, bandeirinha ou lebiste. É resistente e muito apreciado, com uma grande variedade de cores. É muito fácil de ser criado e por isso é indicado para iniciantes, pois é bastante ativo, se desenvolve bem em aquário pequeno, se reproduz com facilidade e está sujeito a pouquíssimas doenças. São originados da América do Sul e Central e chegam a medir 4cm de comprimento. As fêmeas não são tão coloridas igual ao macho e podem chegar aos 7cm de comprimento. Alimenta-se na superfície da água ou no centro. Seu aquário deve ser bem iluminado e plantado, pode-se cria-lo também em aquários sem pedras, filtros ou compressores de ar. O Guppy tem comportamento pacífico mas não é recomendado que seja colocado com peixes maiores, pois pode virar alimento para eles.
   
ESPADA
Parente próximo do Platy, é um peixe ideal para aquários comunitários. Sua nadadeira caudal se prolonga na parte inferior dando aspecto de espada (somente no macho). É originado da América Central (México, Honduras, Guatemala) e chega a 7cm de comprimento. Se alimenta de rações em flocos, plantas de aquários e alimentos vivos, como artêmia e larvas de mosquito. Peixe pacífico, gosta de aquário rico em plantas. Se reproduzem com facilidade, inclusive com Platys.
   
Platy PLATY
Esta espécie é também muito comum e querida entre a maioria dos aquariófilistas. A sua rusticidade de cores e forma torna-o numa bela aquisição para aquários. São peixes ideais para aquarios comunitários, pacíficos e atraentes quando em cardume. A água deve ser mediamente dura e alcalina (PH 7.5), e a sua temperatura deve oscilar entre os 22ºC e os 25ºC, podendo chegar aos 27ºC. O Platy gosta de águas calmas. Os aquários devem ter plantas, de preferência naturais. O Platy é um peixe sociável, tanto com outras espécies como com a própria e por isso adapta-se bem a um aquário comunitário.
   
CASCUDO
Conhecido como peixe de fundo, vive raspando o substrato com seus inúmeros e delicados dentes. Sua boca e seu corpo são revestidos por uma camada óssea. Em rios e lagos dificilmente são pescados com vara. Peixe bastante abundante na América do Sul em rios onde tem forte correnteza. Gosta de comer algas e lôdos no aquário.
   
Corridora Bronzeado CORRIDORA
Conhecido como peixe limpa fundo de aquário, tem característica de ser bom nadador e por isso vai até o fundo do aquário para se alimentar de resíduos de alimentos e até se enterram na areia em busca do alimento. É originado de rios e ribeiros da Bacia Amazônica (América do Sul), e atinge a 8cm de comprimento. Deve se criado em grupos de 6 a 8 corridoras e em aquários médios com muitas plantas. Sua alimentação deve ser de boa qualidade e distribuída várias vezes ao dia. É um peixe pacífico.
   
COLISA
Peixe propenso a doenças gosta de viver em pares e com a água em boas condições. Água sem tratamento pode causar infecções. Aconselhá-se criá-lo em tanques junto com outros peixes pacíficos. 
O macho apresenta maior coloração com listras azuis e vermelhas. Já as fêmeas são prateadas. A colisa utiliza suas barbatanas para localizar seu alimento. Gosta de se alimentar de vegetais, dafnias, larvas vivas ou congeladas e gosta também de viver em meio a muita vegetação.
   
TETRA NEGRO
Recomendado em aquários comunitários, o Tetra Negro é muito fácil de ser criado, pois não incomoda nenhum outro peixe e também não é muito exigente quanto as condições da água. O Tetra Negro apresenta uma faixa preta em seu corpo. Originado na América do Sul atingem a 4,5cm de comprimento. Vive em meia água e seu aquário deve ser bem plantado, porém as plantas não devem ser altas para não atrapalhar seu caminho, devido a sua alta velocidade. Alimenta-se praticamente de tudo: ração, alimentos vivos, etc. A diferença entre o macho e a fêmea é que o macho tem sua nadadeira dorsal mais pontiaguda em formato triangular do que a fêmea.
É um peixe pacífico e recomenda-se que seja criado com vários outros tetras juntos.
   
BEIJADOR
Peixe que gosta de espaço, vive em grupos acima de 3 indivíduos. Dão aspecto de que estão se beijando na boca, mas na verdade é pelo contrário, esse hábito acontece quando dois machos estão medindo forças, contraindo suas mandíbulas. Vive até 8 anos e seu comprimento pode chegar a 15cm. Se alimenta de rações em flocos e alimentos vivos como artêmia e larva de mosquito. É um peixe pacífico.
   
MOLINÉSIA
Parente próximo do Platy é um peixe bastante popular. Gosta de viver em aquários comunitários. O tipo mais comum é Molinésia Preta, mas também encontramos Molinésias de várias cores. Pode chegar a 10cm de comprimento e vive de 2 a 3 anos em cativeiro. Seu aquário deve ser bem plantado. Por ser herbivoro alimenta-se de plantas e alimentos vegetais em flocos. É um peixe pacífico.
   
RODOSTOMOS
Peixe pequeno, pacífico e muito bonito gosta de viver em cardumes. Tem como característica sua mancha vermelha no nariz. Essa mancha só fica brilhante se o peixe estiver saudável. Existe três espécies de Rodostomos, sendo apenas um considerado Rodostomo "verdadeiro". O chamado "verdadeiro" é menos colorido, porém bem mais resistente. Ótimos peixes para se ter no aquário, pois gostam de viver com outros peixes pacíficos. Às vezes são extremamente tímidos.
   
AURATUS
Peixe agressivo, tolera apenas outros peixes da mesma espécie dos ciclideos africanos. Sua garganta serve de incubadora e deve ter várias fêmeas para um só macho. O macho geralmente quando adulto fica preto e a fêmea prevalece sua cor. São originados da África (lago malawi), seu comprimento máximo chega aos 13cm.
   
Oscar OSCAR
É um peixe inteligente porém agressivo, reconhece seu proprietário e é bem carinhoso. São originados da Bacia Amazônica. Gosta de aquários grandes, pois este quando adulto chega ao tamanho de 30cm. Quanto a alimentação, praticamente aceita de tudo, alimentos vivos, frescos, rações e entre outros. O Oscar é resistente a doenças quando adulto, porém é mais sensível quando filhote. Devemos no entanto estar sempre em alerta.  
   
TRICOGASTER
É um peixe extremamente resistente, aconselhado para aquaristas
Iniciantes. Mas existem dois importantes pontos contra essa escolha: primeiro, eles crescem até um tamanho razoável (15 cm) e podem superpopular aquários menores. Segundo, os machos tendem a ser bastante territoriais e, com o seu tamanho avantajado, costumam atormentar todos os outros peixes menores, forçando-os a ficarem escondidos em algum canto do aquário. A solução é mantê-los em aquários grandes e bem plantados, ou manter apenas fêmeas. A identificação do sexo é fácil, já que o macho tem a barbatana dorsal (a de cima) comprida e pontuda, enquanto a da fêmea é curta e arredondada.
   
DÂNIO
O Dânio e um peixe vigoroso, ativo e incansável que vive em cardumes de peixes de mesma espécie, sendo ideal com seus companheiros. É um peixe onívoro (come de tudo). Alimente-o com alimentos vivos, ração em flocos, granulados ou vegetais. Se origina das Águas paradas e correntes da costa oeste da Índia e Sri Lanka. Peixe bastante docil, pacífico e comunitário. Aconselhamos coloca-lo em cardume. Muito resistente.
   
KINGUIO
Sem sombra de dúvidas, os Kinguios são facilmente os peixes ornamentais mais conhecidos em todo mundo. Sua popularidade espalha-se hoje por todos os continentes. Muitos de nós e de nossos filhos já foram brindados com um destes peixinhos em uma feira ou exposição de animais. Coloridos e brincalhões, estão sempre em movimento, mexendo no fundo do aquário a procura de comida, fazendo sua bagunça característica. São peixes bastante sociáveis, que podem ser mantidos em aquários comunitários com diversas espécies de peixes, como Molinésias, Platys, Espadas, Barbos e Coridoras. Como são peixes relativamente lentos e com grandes nadadeiras, deve-se evitar mantê-los com peixes de tendência mais agressiva. Os Kinguios não são peixes muito exigentes, mas recomenda-se que o aquário tenha um bom sistema de filtragem, de preferência combinando filtragem biológica, quimica e mecânica. Os Kinguios atingem em média 15 cm de comprimento e podem viver entre 5 a 10 anos.






>> Montagem do Aquário

>> Escolha do Aquário

>> O que usar no Aquário

>> Manutenção do Aquário

>> Espécies de Peixes

>> Cuidados com os Peixes

>> Doenças e Curas




"PREÇOS VÁLIDOS SOMENTE PARA COMPRAS PELA INTERNET"

CASA DA ADA

Rua: Goitacazes, Nº 639
Mercado Central – Centro
Belo Horizonte - Minas Gerais
Cep: 30190-051
Tel: (31) 3568-6710

Logotipos de meios de pagamento do PagSeguro

© 2011. Otimização de sites. Todos os direitos reservados.